Com bastante satisfação, convidamos todos e todas para prestigiar a defesa de TCC do estudante Bruno Martins Di Palma, que abordará as relações Brasil e Estados Unidos: aproximações diplomáticas e instrumentos unilaterais de política externa estadunidense. Esta defesa ocorerrá na sala virtual de defesas: rebrand.ly/furg-ri-tccs

A palestra "governança dos oceanos, gênero e (pós) colonialismo" com a doutoranda Luciana Coelho, da World Maritime University, Suécia. A certificação é garantida a todos os presentes, contando com a possibilidade de participação de público externo. Palestra pelo link: https://meet.google.com/gid-aeya-wnx

Tod@s são bem vind@s.

Como parte da disciplina de Organizações Internacionais do curso de RI da Furg, ocorrerá simulações abertas ao público, com certificação garantida. Estas são: União Africana e as Novas Ameaças 12/11; OMS e Pandemia de COVID-19, no 19/11; OTCA e o Desmatamento 26/11; Conselho Ártico e o Aquecimento Global 03/12. Simulações pelo link: meet.google.com/rzr-gzsg-toc

No dia 04/11/2020 ocorreu o I Simpósio Interseccionalidades e Decolonialidade nas Relações Internacionais (INDERI) – Novas contribuições a partir das categorias de raça, gênero e classe. O evento marcou o encerramento das atividades desenvolvidas pelo INDERI (CNPq/FURG) ao longo do ano de 2020.

Apesar dos excepcionais desafios impostos em razão da pandemia COVID-19, o Grupo promoveu palestras, encontros, projetos de iniciação científica e de ensino que contou com a participação de pessoas de diversas instituições e estados brasileiros, de distintas áreas do conhecimento e com variados graus de formação acadêmica. Foram dez encontros para debates de obras de autoras relevantes para repensar coletivamente as categorias centrais do Simpósio: raça, gênero e classe.

O I Simpósio INDERI foi um espaço para a construção de novas abordagens nas Relações Internacionais e nos Direitos Humanos, especialmente a partir de uma perspectiva interseccional e um olhar decolonial para o contexto brasileiro, latino-americano e do Sul Global.

Contou com as palestras das pesquisadoras Andreia Marreiro (UNESPI/UNB) e Carla Pereira (IFNMG/UFMG) e com a participação do Coletivo Carolina de Jesus, do Campus FURG-SVP, na pessoa da discente Isabela Maroto.

Andreia Marreiro fez a palestra: “Nossos passos vêm de longe: sentipensar e esperançar a educação em direitos humanos a partir das intersecções de gênero, raça e classe.”. Instigou um repensar dos Direitos Humanos a partir de uma perspectiva interseccional. Carla Pereira, por sua vez, fez a palestra: “Intelectuais Negro-brasileiros e suas Contribuições para Novas Categorias de Análise em Relações Internacionais”, apresentando algumas e alguns dos principais pensadores e intelectuais negro-brasileiros do século XX, para compreender seus conceitos principais, visando constituir novas categorias de análise em Relações Internacionais, a partir de uma visão decolonial da produção de conhecimento.

O evento encontra-se disponível no Canal do Youtube do INDERI: https://www.youtube.com/watch?v=qo2XZqKgzls.

As coordenadoras do INDERI, Professoras Fabiane Simioni e Gabriela Kyrillos, agradecem a todas as pessoas, especialmente estudantes, que fizeram parte das atividades desenvolvidas pelo Grupo ao longo de 2020 e convida a todas e todos que se somem nas ações que esperamos desenvolver em 2021.

 

 

Venha acompanhar esta Aula Aberta com o prof. Dr. Felipe Kern (Furg), parte da Soluções Jurídicas de Controvérsias Internacionais, com certificação a todos os presentes e possibilidade de participação de público externo de alunos de Relações Internacionais de qualquer instituição. Esta ocorrerá na sala: https://rebrand.ly/furg-ri-eventos

Venham acompanhar a discussão das pesquisadoras Alícia Cechin e Scarlett Bispo, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, sobre os efeitos do comércio entre Brasil e China. O evento conta com a presença da debatedora prof. Michelle Márcia Viana Martins, da FURG. O debate é aberto, com certificação de 3h/a, na sala: https://rebrand.ly/furg-ri-eventos

Acompanhe, em 27 de novembro de 2020, 14 horas, uma palestra com a professora Juliele Sievers, professora da Universidade Federal de Alagoas, sobre o papel e importância da obra do filósofo Immanuel Kant nas Relações Internacionais e busca da paz.

Hybris - Grupo de estudos em Extremismo Político e Relações Internacionais

 

Leituras:

03/07/2020 - Primeira Sessão: "Propaganda fascista e anti-semitismo", de Theodor W. Adorno, de 1946.

10/07/2020 - Segunda Sessão: "A Doutrina do Fascismo", de Benito Mussolini, de 1932, e "O Fascismo Eterno", de Umberto Eco, de 1995.  

17/07/2020 - Terceira Sessão: "Como esmagar o fascismo", de Leon Trotsky, textos compilados pela Autonomia Literária, em 2018 (página 1 à 24).

31/07/2020 - Quarta Sessão: "Como esmagar o fascismo", de Leon Trotsky, textos compilados pela Autonomia Literária, em 2018 (página 25 à 86).

07/08/2020 - Quinta Sessão: "Como esmagar o fascismo", de Leon Trotsky, textos compilados pela Autonomia Literária, em 2018 (página 87 à 114), com a participação do prof. Dr.  Leonardo Guedes Henn (UFN).

14/08/2020 - Sexta Sessão: “Um conto de Natal”, de China Miéville, de 2018.

21/08/2020 - Sétima Sessão: “Atravessar desertos - psicanálise e utopia”, de Edson Luiz André de Sousa, de 2017. Com a participação do psicólogo Me. Matheus Giacomini Palma (Espaço Guernica).

28/08/2020 - Oitava Sessão: “Psicologia Política da polarização e extremismos no Brasil – Neoliberalismo, crise e neofascismos”, de Domenico Uhng Hur e Salvador Sandoval, de 2020.

18/09/2020 - Nona Sessão: “Teeteto”, de Platão, tradução de 2010, e "Conhecimento é crença verdadeira justificada?", de Edmund Gettier, de 1963. Com a participação da profª Drª Juliele Sievers (UFAL).

25/09/2020 - Décima Sessão:  "Brasil: O Mito Fundador", de Marilena Chaui, de 2000.

02/10/2020 - Décima Primeira Sessão: “Conjecturas e Refutações (O Progresso do Conhecimento Científico)”, de Karl Popper, edição de 1980; e “Seis Sinais de Cientificismo” de Susan Haack, de 2012. Com a participação da profª Drª Juliele Sievers (UFAL).

09/10/2020 - Décima Segunda Sessão: “1984”, George Orwell, de 1949. Com a participação da profª Ma. Larissa Garay Neves.

16/10/2020 - Décima Terceira Sessão: "Os Engenheiros Do Caos", de Giuliano Da Empoli, de 2020 (página 1 a 66).

30/10/2020 - Décima Quarta Sessão: "Os Engenheiros Do Caos", de Giuliano Da Empoli, de 2020 (página 67 a 118).

13/11/2020 - Décima Quinta Sessão: "Os Engenheiros Do Caos", de Giuliano Da Empoli, de 2020 (página 119 a 177).

20/11/2020 - Décima Sexta Sessão: "Multidões conectadas e movimentos sociais: dos zapatistas e do hacktivismo à tomada das ruas e das redes", de Guiomar Rovira Sancho, tradução de 2018.


 

 

   No Hybris temos encontros semanais e/ou, eventualmente, quinzenais, nos quais os participantes se encontram na sala de videoconferência para debater textos e obras previamente disponibilizados.
   Os textos são de natureza política, dentro de embates das Relações Internacionais sem, no entanto, deixar de se relacionarem a outras áreas das Humanidades, como Filosofia, Psicologia, Letras, História, Economia e Direito. Pela natureza interdisciplinar, haverá intervenções de convidadas e convidados em dias específicos para que estes possam trazer suas perspectivas mais pontuais ao debate.

 

Quando: sextas-feiras, às 18h, os encontros têm duração de cerca de 1h30min. São abertos ao público e oferecem certificação (3h/a).

 

Onde: Google Meet: <https://meet.google.com/xwf-nvuy-zff>

 

Acesso ao material: os textos da semana estarão neste link: <https://drive.google.com/drive/folders/1lfDFeh5bFHMIVVj215XV7cj4mWSzZK4e>

 

Organização: professora Bibiana Poche Florio

 

Dúvidas ou mais informações: bibianaflorio@furg.br

 

O InterRacionalização é um evento online idealizado e organizado por estudantes de Relações Internacionais e Coletivos Pretos da região Sul do Brasil. O evento conta com o apoio do Grupo de Pesquisa Interseccionalidades e Decolonialidade nas Relações Internacionais (INDERI/FURG/CNPq).

InterRacionalização surgiu com o objetivo de amplificar as vozes negras e o entendimento acerca do histórico de sociedades marcadas por acentuadas desigualdades, que confinam a população negra a um lugar de sub-humanidade. Além disso, o evento também busca trazer para a razão as relações entre os inúmeros espaços racistas em que vivemos enquanto sociedade, rompendo a bolha que nos cerca e que perpetua comportamentos racistas e estruturas brancocêntricas. Sendo assim, a luta do Movimento Negro é o delineamento do InterRacionalização.

O evento aconteceu nos dias 16, 17 e 18 de julho de 2020 transmitido pelo Youtube e atingiu mais de 2.300 visualizações durante os três dias, tendo alcançado um público de aproximadamente 5.950 pessoas nas redes sociais (Instagram, Twitter e Facebook), o evento também contou com mais de 500 inscrições na plataforma Eventbrite e foram emitidos 361 certificados.

Dessa forma, agradecemos a participação de todos os integrantes que reverberaram seu conhecimento e proporcionaram um espaço de discussão e aprendizado, e também, o apoio dos Coletivos Pretos e do Grupo de Pesquisa Interseccionalidades e Decolonialidade nas Relações Internacionais que foram imprescindíveis para a promoção do InterRacionalização. Da mesma forma, agradecemos aos estudantes de Relações Internacionais e demais cursos que puderam participar da primeira edição do InterRacionalização, aos intérpretes de Libras pela inclusão e acesso à informação e, por fim, à organização e idealização desse projeto.

 

VII Direito e Cultura: tradição constitucional brasileira
       O VII Direito e Cultura tem como proposta a "Tradição Constitucional Brasileira", ele será nos dias 8 a 10 de setembro, durante a noite, e devido à pandemia de COVID-19, será inteiramente virtual e realizado pelo YouTube. O Direito e Cultura é o encontro anual de professores organizado por universidades e instituições gaúchas para debater um tema relevante, neste ano, a proposta é debater a história do Constitucionalismo brasileiro, as ideias presentes e a defesa da Constituição. Pesquisadores, estudantes e juristas de qualquer parte estão bem-vindos a olhar as apresentações e debater com os palestrantes! O evento é gratuito, as inscrições não dependem de vínculos institucionais e podem ser feitas preenchendo o formulário de presença de cada dia - ele fica disponibilizado abaixo do vídeo de transmissão - são 3h/a por cada dia de presença (retirados, até o final do ano), em: https://www.furg.br/consultar-certificados. O link de redirecionamento para ingressar na Sala de Eventos será, durante todos os dias, o seguinte: https://rebrand.ly/DireitoeCultura
      Quando: 8 a 10 de setembro, 19h
      Inscrição: no local, durante o evento

As redemocratizações na parte final do século XX na América Latina foram envoltas a diversos processos de anistia política. O palestrante faz sua tese de doutorado sobre a trajetória estes países. Venha conhecer o tema pensar sobre os efeitos políticos dos acontecimentos. Palestra abera, 3h/a, inscrições durante o evento na sala: https://rebrand.ly/furg-ri-eventos

 

Leitura Recomendada:

Corte Interamericana de Direitos Humanos Caso Barrios Altos Vs. Peru Sentença, de 14 de março de 2001. Acesse aqui.

Subcategorias