O Ciclo de Palestras do Curso de Relações Internacionais da Universidade Federal do Rio Grande (FURG) promove a próxima edição intitulada "(re)pensando a dependência latino-americana: uma análise das estratégias estadunidenses de produção de conhecimento ", que será proferida pela doutoranda Jahde de Almeida Lopez (PPGRI/UFSC). O evento ocorrerá no dia 24 de janeiro de 2023 (terça-feira), às 19h00, com inscrições gratuitas e no auditório do LATUR (presencialmente). A atividade permite a participação de todas as pessoas interessadas, conferindo certificação de 3h/a para os participantes.

 

O Ciclo de Palestras do Curso de Relações Internacionais da Universidade Federal do Rio Grande (FURG) promove a conferência intitulada "A competição geopolítica das grandes potências e os impactos no Oriente Médio", que será proferida pela doutoranda Ana Karolina Morais da Silva (IRI/USP). O evento ocorrerá no dia 17 de janeiro de 2023 (terça-feira), às 20h00, com inscrições gratuitas e no local pela Plataforma Zoom. A atividade permite a participação de todas as pessoas interessadas, incluindo externos da FURG, conferindo certificação de 3h/a para os participantes.

O link para a Sala de Acesso estará ativo no momento do evento:

https://rebrand.ly/furg-ri-eventos

No âmbito do Curso de Relações Internacionais da Universidade Federal do Rio Grande (FURG), a Semana de defesa de TCCs será entre 20 e 25 de fevereiro de 2023. Este momento é um ritual de passagem dos graduandos(as) para graduados(as) e, com ele, uma nova etapa na vida, que influencia diretamente o desenvolvimento pessoal e/ou profissional, realizando os sonhos dos(as) concluintes, prestigiando os seus esforços e a sua dedicação na construção do conhecimento científico e no encerramento de um ciclo.

 

O evento atribui certificado de 3h/a por banca aos ouvintes, após a conclusão da Ação de Extensão, a partir da lista de inscrição fornecida durante o momento das defesas. 

 

Venha prestigiar a defesa de TCC dos(as) internacionalistas!

 

As bancas marcadas para a Semana de TCCs serão inseridas neste site.

Festival de Cinema:

Amor e Guerra no outro lado da Cortina de Ferro

Oferecimento: Cineclube das Relações Internacionais/FURG

Inscrições: no local

 

Proposta: São quatro filmes gravados na então União Soviética, todos sobre o amor e a guerra – e, na maior parte das vezes, ambos. Cada um é também uma crítica social. Não são, no entanto, uma crítica fácil, são visões de um mundo no qual pessoas reais viviam. São alguns dos maiores sucessos produzidos no próprio bloco, filmes lembrados com carinho e respeito por aqueles que viviam aquela realidade e que se identificaram com eles. Esses filmes foram escolhidos por sua importância política, histórica, social, pela qualidade cinematográfica e, claro, por sua ligação com os temas! Começaremos com a guerra e vamos, a cada filme, nos aproximando do final feliz! Venha ver, aprender e discutir! Passando no Campus FURG/SVP mais próximo.

 

Vá e veja!

Quando e onde: Miniauditório do LATUR - 12/12 - 14h30min

Títulos: Idi i smotri - Come and See (2h23min)

Diretor: Elem Klimov

Data: 1985

Sobre: Os nazistas foram vencidos, mas a que custo? Vá e Veja! O filme foi um sucesso desde seu lançamento, mas cresceu em importância desde lá, e hoje é rotineiramente encontrado nas listas de filmes mais importantes da história do cinema. Ele é sobre os horrores da guerra, o sofrimento, a perseverança perante um ambiente que retira a humanidade. E, sobretudo, a trajetória do jovem Flyora contra o inimigo implacável. Um filme muitas vezes descrito como particularmente preciso sobre o ambiente de uma guerra e a realidade vivida naquela região (Bielorrússia), uma obra difícil de ver, que transita entre vários gêneros, mas, sobretudo, é um contundente manifesto contra as guerras e seus horrores.

 

Festival de Cinema:

Amor e Guerra no outro lado da Cortina de Ferro

Oferecimento: Cineclube das Relações Internacionais/FURG

Inscrições: no local

 

Proposta: São quatro filmes gravados na então União Soviética, todos sobre o amor e a guerra – e, na maior parte das vezes, ambos. Cada um é também uma crítica social. Não são, no entanto, uma crítica fácil, são visões de um mundo no qual pessoas reais viviam. São alguns dos maiores sucessos produzidos no próprio bloco, filmes lembrados com carinho e respeito por aqueles que viviam aquela realidade e que se identificaram com eles. Esses filmes foram escolhidos por sua importância política, histórica, social, pela qualidade cinematográfica e, claro, por sua ligação com os temas! Começaremos com a guerra e vamos, a cada filme, nos aproximando do final feliz! Venha ver, aprender e discutir! Passando no Campus FURG/SVP mais próximo.

 

 

Quando Voam as Cegonhas

Quando e onde: Miniauditório do LATUR - 14/12 - 14h30min

Títulos: Letyat zhuravli - The Cranes Are Flying (1h36min)

Diretor: Mikhail Kalatozov

Data: 1957

Sobre: Verônica e Boris são namorados, mas ele se voluntaria para a II Guerra Mundial. Ela permanece trabalhando em Moscou para ajudar no sustento de sua família enquanto espera ele voltar para se casarem. No entanto, violência e tragédia ocorrem dos dois lados, um reencontro pode não ser possível, mas isso não impede que o amor entre ambos permaneça, como as cegonhas que continuam voando acima de todos, apesar dos problemas humanos. Um filme feito com técnicas avançadas para a época e reconhecido pela constante beleza com que as cenas são construídas. A história de Verônica superou em muito o cinema do leste europeu, se espalhou por todo o continente e atravessou o Atlântico para ser visto por um amplo público e ser lembrando como uma das mais impactantes histórias protagonizadas por heroínas do período. É, também, um precursor de um cinema do Leste Europeu com personagens femininas complexas, com nuances e dificuldades, que assumem o papel de personagem principal do filme para construir histórias sociais e de guerra.

 

Festival de Cinema:

Amor e Guerra no outro lado da Cortina de Ferro

Oferecimento: Cineclube das Relações Internacionais/FURG

Inscrições: no local

 

Proposta: São quatro filmes gravados na então União Soviética, todos sobre o amor e a guerra – e, na maior parte das vezes, ambos. Cada um é também uma crítica social. Não são, no entanto, uma crítica fácil, são visões de um mundo no qual pessoas reais viviam. São alguns dos maiores sucessos produzidos no próprio bloco, filmes lembrados com carinho e respeito por aqueles que viviam aquela realidade e que se identificaram com eles. Esses filmes foram escolhidos por sua importância política, histórica, social, pela qualidade cinematográfica e, claro, por sua ligação com os temas! Começaremos com a guerra e vamos, a cada filme, nos aproximando do final feliz! Venha ver, aprender e discutir! Passando no Campus FURG/SVP mais próximo.

 

Balada de um Soldado

Quando e onde: Miniauditório do LATUR - 14/12 - 16h30min

Títulos: Ballada o soldate - Ballad of a Soldier (1h27min)

Diretor: Grigory Chukhray

Data: 1959

Sobre: Um filme soviético indicado ao Oscar? Que passava nos Estados Unidos durante os piores momentos a Guerra Fria? Balada ao Soldado é um filme premiado em Cannes, BAFTA, San Francisco, e muitos outros festivais e por governos pelo mundo, um clássico instantâneo do cinema russo que, em sua bilheteria de lançamento, há a notícia de ter vendido 30 milhões de ingressos. Com suas técnicas cinematográficas e personagens carismáticos, ele conta uma história improvável. Ele é sobre o amor durante a guerra. O amor romântico de namorados, o amor dos casados, o amor da mãe por seu filho, o amor dos soldados por seus companheiros – o amor extraconjugal também. Em meio à guerra aberta, aos horrores que ela traz e afetam tanto os personagens, que tipos de amor um soldado pode sentir? Sobre isso é essa balada cinematográfica.

 

Festival de Cinema:

Amor e Guerra no outro lado da Cortina de Ferro

Oferecimento: Cineclube das Relações Internacionais/FURG

Inscrições: no local

 

Proposta: São quatro filmes gravados na então União Soviética, todos sobre o amor e a guerra – e, na maior parte das vezes, ambos. Cada um é também uma crítica social. Não são, no entanto, uma crítica fácil, são visões de um mundo no qual pessoas reais viviam. São alguns dos maiores sucessos produzidos no próprio bloco, filmes lembrados com carinho e respeito por aqueles que viviam aquela realidade e que se identificaram com eles. Esses filmes foram escolhidos por sua importância política, histórica, social, pela qualidade cinematográfica e, claro, por sua ligação com os temas! Começaremos com a guerra e vamos, a cada filme, nos aproximando do final feliz! Venha ver, aprender e discutir! Passando no Campus FURG/SVP mais próximo.

 


Ironia do Destino, ou Aproveite seu Banho!

Quando e onde: Miniauditório do LATUR - 15/12 - 14h30min - Parte I

Quando e onde: Miniauditório do LATUR - 15/12 - 16h30min - Parte II

Títulos: Ironiya sudby, ili S lyogkim parom! - The Irony of Fate, or Enjoy Your Bath! (3h04min, intervalo entre partes I e II)        
Diretor: Eldar Ryazanov

Data: 1976

Sobre: Ironia do Destino é o principal filme de Eldar Ryazanov, um dos mais destacados e prolíficos diretores do período. O filme é um romance feito para a televisão sobre a vida nas grandes cidades da Rússia – e sobre beber demais e acabar no lugar errado, na hora errada, com uma chave que abre porta err... certa? Seu sucesso foi como poucos, a comédia e os personagens tiveram grande identificação com o público e tomaram vida própria como um produto cultural apreciado em mais de uma dezena de países. Estima-se que, dois anos após seu lançamento, ele tinha sido visto por ao menos 250 milhões de pessoas e continuou sendo assistido ininterruptamente desde então. O filme foi - e é - reprisado desde o lançamento nas noites de ano novo em muitos países do Leste Europeu, chegando ao século XXI nessa tradição de dar boas-vindas ao ano que chega com os personagens. Aqui há pouca guerra (entre países), vários enganos e um improvável romance. O filme é uma profunda crítica social ao modo de vida, dificuldades e ironias presentes no dia a dia das pessoas que viviam do outro lado da cortina de ferro, mas feita com muito otimismo e bom humor, ao ponto que as críticas sobre seu conteúdo não prevaleceram, e ele foi amplamente distribuído ao público.

 

Em nossa próxima exibição do CineClube teremos o filme Capitão Fantástico, dirigido pelo australiano Matt Ross.

🎬 Enredo: Nas florestas do estado de Washington, um pai cria seus seis filhos longe da civilização, em uma rígida rotina de aventuras. Ele é forçado a deixar o isolamento e leva sua família para encarar o mundo, desafiando sua ideia do que significa ser pai.

Informações:
Dia da exibição: 08/12/2022 - 14h30min - Auditório do LATUR

 

 

https://forms.gle/CjzfzidUPkC6AVyg6

O Cineclube das RIs convida para a exibição aberta do filme Distrito 9 no Campus Santa Vitória do Palmar da FURG. A sessão está marcada para o dia 04 de agosto de 2022 (quinta-feira), às 14h30min (após o ônibus). O evento é aberto para todas as pessoas, incluindo todos os cursos de SVP da FURG, atribuindo certificado para os participantes. A sala do filme será o miniauditório do Latur.

 

Os slides das apresentadoras Nicole B. Campos e Tatiane S. Mendes estão acessíveis aqui

Em nossa próxima exibição do CineClube teremos o filme V de Vingança, dirigido pelo australiano James McTeigue.

🎬 Enredo: após uma guerra mundial, a Inglaterra é ocupada por um governo fascista e opressor. Na luta pela liberdade, um vigilante, conhecido apenas por V, utiliza-se de táticas terroristas para enfrentar os tiranos no poder. V salva uma jovem chamada Evey da polícia secreta e encontra nela uma nova aliada em busca de liberdade e justiça para seu país.

Informações:
Dia da exibição: 10/11/2022

Horário: 14H30
Local: Auditório LATUR - campus Santa Vitória do Palmar | FURG

 

Festival de Cinema:

Amor e Guerra no outro lado da Cortina de Ferro

Oferecimento: Cineclube das Relações Internacionais/FURG

Inscrições: no local

 

Proposta: São quatro filmes gravados na então União Soviética, todos sobre o amor e a guerra – e, na maior parte das vezes, ambos. Cada um é também uma crítica social. Não são, no entanto, uma crítica fácil, são visões de um mundo no qual pessoas reais viviam. São alguns dos maiores sucessos produzidos no próprio bloco, filmes lembrados com carinho e respeito por aqueles que viviam aquela realidade e que se identificaram com eles. Esses filmes foram escolhidos por sua importância política, histórica, social, pela qualidade cinematográfica e, claro, por sua ligação com os temas! Começaremos com a guerra e vamos, a cada filme, nos aproximando do final feliz! Venha ver, aprender e discutir! Passando no Campus FURG/SVP mais próximo.

 

 

Vá e veja!

Quando e onde: Miniauditório do LATUR - 12/12 - 14h30min

Títulos: Idi i smotri - Come and See (2h23min)

Diretor: Elem Klimov

Data: 1985

Sobre: Os nazistas foram vencidos, mas a que custo? Vá e Veja! O filme foi um sucesso desde seu lançamento, mas cresceu em importância desde lá, e hoje é rotineiramente encontrado nas listas de filmes mais importantes da história do cinema. Ele é sobre os horrores da guerra, o sofrimento, a perseverança perante um ambiente que retira a humanidade. E, sobretudo, a trajetória do jovem Flyora contra o inimigo implacável. Um filme muitas vezes descrito como particularmente preciso sobre o ambiente de uma guerra e a realidade vivida naquela região (Bielorrússia), uma obra difícil de ver, que transita entre vários gêneros, mas, sobretudo, é um contundente manifesto contra as guerras e seus horrores.

 

 

Quando Voam as Cegonhas

Quando e onde: Miniauditório do LATUR - 14/12 - 14h30min

Títulos: Letyat zhuravli - The Cranes Are Flying (1h36min)

Diretor: Mikhail Kalatozov

Data: 1957

Sobre: Verônica e Boris são namorados, mas ele se voluntaria para a II Guerra Mundial. Ela permanece trabalhando em Moscou para ajudar no sustento de sua família enquanto espera ele voltar para se casarem. No entanto, violência e tragédia ocorrem dos dois lados, um reencontro pode não ser possível, mas isso não impede que o amor entre ambos permaneça, como as cegonhas que continuam voando acima de todos, apesar dos problemas humanos. Um filme feito com técnicas avançadas para a época e reconhecido pela constante beleza com que as cenas são construídas. A história de Verônica superou em muito o cinema do leste europeu, se espalhou por todo o continente e atravessou o Atlântico para ser visto por um amplo público e ser lembrando como uma das mais impactantes histórias protagonizadas por heroínas do período. É, também, um precursor de um cinema do Leste Europeu com personagens femininas complexas, com nuances e dificuldades, que assumem o papel de personagem principal do filme para construir histórias sociais e de guerra.

 

 

Balada de um Soldado

Quando e onde: Miniauditório do LATUR - 14/12 - 16h30min

Títulos: Ballada o soldate - Ballad of a Soldier (1h27min)

Diretor: Grigory Chukhray

Data: 1959

Sobre: Um filme soviético indicado ao Oscar? Que passava nos Estados Unidos durante os piores momentos a Guerra Fria? Balada ao Soldado é um filme premiado em Cannes, BAFTA, San Francisco, e muitos outros festivais e por governos pelo mundo, um clássico instantâneo do cinema russo que, em sua bilheteria de lançamento, há a notícia de ter vendido 30 milhões de ingressos. Com suas técnicas cinematográficas e personagens carismáticos, ele conta uma história improvável. Ele é sobre o amor durante a guerra. O amor romântico de namorados, o amor dos casados, o amor da mãe por seu filho, o amor dos soldados por seus companheiros – o amor extraconjugal também. Em meio à guerra aberta, aos horrores que ela traz e afetam tanto os personagens, que tipos de amor um soldado pode sentir? Sobre isso é essa balada cinematográfica.

 

 

Ironia do Destino, ou Aproveite seu Banho!

Quando e onde: Miniauditório do LATUR - 15/12 - 14h30min - Parte I

Quando e onde: Miniauditório do LATUR - 15/12 - 16h30min - Parte II

Títulos: Ironiya sudby, ili S lyogkim parom! - The Irony of Fate, or Enjoy Your Bath! (3h04min, intervalo entre partes I e II)        
Diretor: Eldar Ryazanov

Data: 1976

Sobre: Ironia do Destino é o principal filme de Eldar Ryazanov, um dos mais destacados e prolíficos diretores do período. O filme é um romance feito para a televisão sobre a vida nas grandes cidades da Rússia – e sobre beber demais e acabar no lugar errado, na hora errada, com uma chave que abre porta err... certa? Seu sucesso foi como poucos, a comédia e os personagens tiveram grande identificação com o público e tomaram vida própria como um produto cultural apreciado em mais de uma dezena de países. Estima-se que, dois anos após seu lançamento, ele tinha sido visto por ao menos 250 milhões de pessoas e continuou sendo assistido ininterruptamente desde então. O filme foi - e é - reprisado desde o lançamento nas noites de ano novo em muitos países do Leste Europeu, chegando ao século XXI nessa tradição de dar boas-vindas ao ano que chega com os personagens. Aqui há pouca guerra (entre países), vários enganos e um improvável romance. O filme é uma profunda crítica social ao modo de vida, dificuldades e ironias presentes no dia a dia das pessoas que viviam do outro lado da cortina de ferro, mas feita com muito otimismo e bom humor, ao ponto que as críticas sobre seu conteúdo não prevaleceram, e ele foi amplamente distribuído ao público.

O Ciclo de Palestras do Curso de Relações Internacionais da FURG promove a conferência intitulada "Geopolítica das comunicações na América do Sul: desafios para a democracia e a autonomia regional", que será proferida pela Jornalista Me. Beatriz Bidarra. O evento ocorrerá no dia 8 de dezembro de 2022 (quinta-feira), às 19h00, com inscrições gratuitas e no local pela Plataforma Zoom. Gratuita e online, a atividade permite a participação de todas as pessoas interessadas, incluindo externos da FURG, conferindo certificado de 3h/a para os participantes.

O link para a Sala de Acesso estará ativo no momento do evento:

https://rebrand.ly/furg-ri-eventos

O Ciclo de Palestras do Curso de Relações Internacionais da FURG promove a conferência intitulada "o Papel do Esporte na Geopolítico dos Estados e a Copa do Mundo no Catar", que será proferida pelo Prof. Dr. Andrew Patrick Traumann (UNICURITIBA). O evento ocorrerá no dia 30 de novembro de 2022 (quarta-feira), às 11h00, com inscrições gratuitas e no local pela Plataforma Zoom. Gratuita e online, a atividade incentiva a participação de todas as pessoas interessadas, incluindo externos da FURG, conferindo certificado de 3h/a para os participantes.

O link para a Sala de Acesso estará ativo no momento do evento:

https://rebrand.ly/furg-ri-eventos

O IX Direito e Cultura: História do Constitucionalismo e Sociedade no Séc. XX, evento anual organizado por docentes da UFRGS, FURG, UFPEL, Unisinos e João Paulo II, ocorrerá nos dias 22 e 23 de novembro, às 19h, com inscrições gratuitas e no local pela Plataforma Zoom. Na terça-feira, evento terá a presença de José Reinaldo de Lima Lopes (USP), Giuseppe Caputo (Un. Florença) e Gustavo Castagna Machado (UFPEL). Na noite seguinte, de Gustavo Angelelli (UPM), Cláudio Ari Mello (PUCRS) e Mateus Utzig (UnB).

O evento abordará temas de Direito Constitucional, desenvolvimento político-social e proteção de grupos vulneráveis, especialmente a partir da virada do século.

 

Acesse o evento em: https://rebrand.ly/direitoecultura 

 

Subcategorias